Curta o TV Ecologia no Facebook!

Eco-blogs

Blogs recomendados

Estatisticas

Siga pelo e-mail!!!

Postagens populares

Seguidores

Vinícius por Vinícius

Minha foto
Serra Negra, São Paulo, Brazil
Sou estudante do 8° semestre do curso de Administração na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Atualmente moro em Serra Negra - SP, cidade do interior do Estado de São Paulo. Me siga nas redes socias: Twitter: https://twitter.com/vinicius_sn | Facebook: https://www.facebook.com/vinicius.sousa.3192 | Snapchat: viniciuslapa | Instagram: https://www.instagram.com/viniciussol/

Nossos Arquivos

Pessoas On-Line

Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.

Previsão do Tempo

Direitos Autorais

Creative Commons License. TV ECOLOGIA está licenciado por Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-vedada um Criação de Obras Derivadas 3.0 Licença Brasil baseado nos trabalhos do TV ECOLOGIA. Permissões além do escopo desta licença pode estar sendo solicitada entrando em contato conosco.
sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Os ministros do Nepal estão reunidos desde hoje na placa Kalapathar, a cerca de 5 262 metros acima do nível do mar, em um encontro para mandar uma mensagem ao mundo: "Chega. Chega de mudanças climáticas induzidas pelo homem.”
As nações desenvolvidas, que emitem a maioria do carbono, tem uma grande responsabilidade na mitigação e estabilização das mudanças climáticas nos Himalaias, onde os glaciares, a fonte de vida de mais de 1 bilhão de pessoas na região, estão se desfazendo a uma taxa alarmante. De acordo com cientistas, o derretimento de glaciares está criando enormes lagos que podem rebentar em cheias e inundações, colocando as comunidades à jusante em perigo. Segundo o porta-voz do encontro, o evento no monte Everest poderá chamar atenção da mídia para o problema ambiental do Nepal e deverá prepará-los para a participação na conferência sobre mudanças climáticas em Copenhague, na semana que vem. Uma das medidas sustentáveis que o governo do Nepal procura impulsionar é o desenvolvimento do mercado de créditos de carbono. Créditos de carbono ou Redução Certificada de Emissões (RCE) são certificados emitidos quando ocorre a redução de emissão de gases do efeito estufa (GEE). Por convenção, uma tonelada de dióxido de carbono (CO2) equivalente corresponde a um crédito de carbono. Este crédito pode ser negociado no mercado internacional. A redução da emissão de outros gases que também contribuem para o efeito estufa também pode ser convertidos em créditos de carbono, utilizando o conceito de Carbono Equivalente.
Créditos de carbono são de GEE dando um valor monetário à poluição. Acordos internacionais como o Protocolo de Quioto determinam uma cota máxima que países desenvolvidos podem emitir. Os países por sua vez criam leis que restringem as emissões de GEE. Assim, aqueles países ou indústrias que não conseguem atingir as metas de reduções de emissões, tornam-se compradores de créditos de carbono. Por outro lado, aquelas indústrias que conseguiram diminuir suas emissões abaixo das cotas determinadas, podem vender o excedente de "redução de emissão" ou "permissão de emissão" no mercado nacional ou internacional. Os países desenvolvidos podem promover a redução da emissão de gases causadores do efeito estufa (GEE) em países em desenvolvimento através do mercado de carbono quando adquirem créditos de carbono provenientes destes países. O Brasil, com os seus problemas ambientais, constitui um dos grande emissor de créditos de carbono. Este mercado no país tem crescido significativemente.

0 comentários:

©2012 TV Ecologia. Tecnologia do Blogger.