Curta o TV Ecologia no Facebook!

Eco-blogs

Blogs recomendados

Estatisticas

Siga pelo e-mail!!!

Postagens populares

Seguidores

Vinícius por Vinícius

Minha foto
Serra Negra, São Paulo, Brazil
Sou estudante do 8° semestre do curso de Administração na Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Atualmente moro em Serra Negra - SP, cidade do interior do Estado de São Paulo. Me siga nas redes socias: Twitter: https://twitter.com/vinicius_sn | Facebook: https://www.facebook.com/vinicius.sousa.3192 | Snapchat: viniciuslapa | Instagram: https://www.instagram.com/viniciussol/

Nossos Arquivos

Pessoas On-Line

Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.

Previsão do Tempo

Direitos Autorais

Creative Commons License. TV ECOLOGIA está licenciado por Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-vedada um Criação de Obras Derivadas 3.0 Licença Brasil baseado nos trabalhos do TV ECOLOGIA. Permissões além do escopo desta licença pode estar sendo solicitada entrando em contato conosco.
domingo, 28 de março de 2010

Por Ingrid Oliveira Belém, capital do Pará, se uniu ao resto do mundo para celebrar a Hora do Planeta, que pelo segundo ano consecutivo mobiliza as nações em torno da questão ambiental, em especial as mudanças climáticas decorrentes da intervenção humana em diferentes ecossistemas, como a Amazônia. Por uma hora, as cidades envolvidas nessa causa apagaram suas luzes para mostrar aos líderes mundiais sua preocupação com o tema. Em Belém, o 'apagão ecológico' aconteceu entre 20h30 e 21h30, e contou com contagem regressiva para o momento mais esperado da noite. A Prefeitura Municipal apoiou a mobilização que organizou um ato simbólico em frente ao Mercado de São Brás. O diretor geral da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Belém, Celso Botelho, explicou que objetivo do evento é apoiar a iniciativa do WWF-Brasil. “Esta organização não governamental vem alertando a sociedade para a questão do aquecimento global, e devemos estar mais conscientes sobre os problemas do meio ambiente”, enfatizou Botelho. Pelo palco montado em frente ao Mercado Municipal passaram várias atrações, numa noite marcada por apresentações de dança, culto ecumênico e show de bandas de rock. A participação da capital paraense no evento, segundo o presidente da comissão de meio ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil, José Carlos Lima, era imprescindível. "Belém não poderia deixar de aderir à Hora do Planeta. Como moradores da Metrópole da Amazônia, é nossa obrigação nos questionarmos sobre que mundo pretendemos deixar para as futuras gerações e de que forma podemos contribuir para preservar o meio ambiente”, concluiu José Carlos. A turismóloga Caroline Oliveira, de 24 anos, fez questão de ressaltar a expectativa que o evento gerou entre a vizinhança do Mercado de São Braz. "Reuni os amigos para este momento, nós sabíamos o quanto era importante fazer parte desse movimento contra o aquecimento global”. A mesma alegria foi compartilhada pelo Grupo Escoteiro Grão Pará, com presença maciça dos componentes, de várias idades, para mostrar que são amantes da natureza. A programação da noite contou ainda com um culto ecumênico em defesa do planeta, quando foram entoados cânticos de louvor. Em seguida foi exibido um vídeo que mostrou os impactos da ação predatória do homem sobre o meio ambiente e as consequências das mudanças climáticas. Na hora do “apagão” o grupo de Expressão Pará Folclórico Sabor Marajoara convidou todos a dançarem ritmos tipicamente paraenses. A programação terminou com a apresentação de bandas de rock. Sobre o mercado de São Brás Na Praça Floriano Peixoto, próximo à antiga "Estação de Ferro de Bragança", foi construído o mercado de São Brás, na primeira década do século XX, em função da grande movimentação comercial gerada pela ferrovia Belém/Bragança. Na mesma época, o intendente Antônio Lemos estabeleceu uma política para descentralizar o abastecimento da cidade, até então concentrado no Ver-o-Peso. O abastecimento começou a ser expandido para os bairros, a exemplo do que ocorreu em São Brás. O mercado de São Brás foi inaugurado no dia 21 de maio de 1911, em estilo art nouveau e neoclássico. Em suas dependências, funcionam lojas de artesanato, produtos agrícolas, domésticos e vestuário.

0 comentários:

©2012 TV Ecologia. Tecnologia do Blogger.